skip to Main Content

O refluxo é comum na vida de todas as pessoas, mas ele não é grave, porém, é desconfortável. Para quem sofre com esse problema ou não sabe o que é, basta ler o artigo.

O que é refluxo?

refluxo

            Refluxo consiste em um conjunto de desconfortos que acompanham mudanças no esôfago. Ele é o resultado do retorno anormal do conteúdo do estômago, naturalmente ácido para o esôfago.

            O esôfago de uma pessoa adulta é um canal de 35 a 40 cm que liga a boca ao estômago. Ele tem estrutura elástica e na sua parede é possível encontrar camadas musculares que são cobertas internamente por uma mucosa delicada que se parece com o revestimento da boca. O começo do esôfago é fixado na parte inferior da garganta, desce pelo mediastino e cruza o diafragma por meio de um furo que se chama hiato, poucos centímetros antes de se abrir no estômago.

            Quando o esôfago desliza para cima mais que 2 a 3 cm, faz uma tração no estômago e as estruturas são deslocadas para o tórax. Por causa dessa alteração acontece a hérnia hiatal que prejudica a válvula anti-refluxo. Quando o que está presente no estômago que em geral é muito ácido atinge a mucosa do esôfago este tecido reage, inflamando causando a Esofagite de Refluxo.

VEJA TAMBÉM: Xampu Anticaspa: Vantagens e formas de uso

Características do refluxo

Sintomas ativados pelo uso de antiácidos

Sintomas mais prováveis de ocorrer à noite

Sintomas mais graves ao se curvar, ficar deitado ou ao comer

Náusea após a refeição

Sensação de que o alimento pode ter ficado preso no peito ou na garganta

Dor de garganta

Regurgitação de alimento

Alteração de voz ou rouquidão

Soluços

Dificuldade para deglutir

Respiração ofegante ou tosse.

Tratamento

            É essencial evitar comer muito antes de se deitar. Algumas pessoas se sentem melhor ao dormir em uma cama com a cabeceira elevada em 20 a 25 cm. Além de evitar comer muito, é importante também evitar a ingestão de café puro ou chá preto com estômago vazio, beber líquido durante ou logo depois das refeições, beber líquidos muito quentes e evitar a bebida alcoólica.

            Os medicamentos mais usados para tratar o refluxo são os que diminuem a acidez do estômago, conhecidos como antiácidos e também os que evitam a produção de ácido pelas células do estômago. Os remédios pró-cinéticos têm a função de tornar fácil o esvaziamento do conteúdo presente no estômago para o intestino, minimizando a quantidade capaz de refluir para o esôfago.

Alimentos que devem ser evitados

            Os alimentos que devem ser evitados para evitar o refluxo são: hortelã, menta, produtos derivados de leite integral, alimentos gordurosos ou picantes, molhos de tomate, tomates, sucos e frutas cítricas, chocolate, bebidas com gás, cafeína e álcool.

Dicas para evitar o refluxo

Durma com a cabeça elevada em torno de 15 centímetros;

Diminua o estresse;

Se estiver com excesso, perca peso;

Faça refeições menores;

Não fume;

Não se deite com o estômago cheio. Evite comer 2 a 3 horas antes de dormir;

Evite cintos ou roupas que ficam apertados em torno da cintura;

Evite se curvar ou praticar exercícios logo depois de se alimentar.

Cirurgia

            A cirurgia pode ser uma boa opção para pessoas, nas quais os sintomas não desaparecem com mudanças de estilo de vida e drogas. A azia e outros sintomas devem sumir ou melhorar depois da cirurgia, mas mesmo assim deverá tomar medicamentos para a azia que surgir. Também tem outras opções como a endoscopia.

            O refluxo ou azia é tida como uma doença crônica, quer dizer, os sintomas podem desaparecer com o tratamento, mas podem voltar rapidamente com a sua interrupção. Mesmo com a cirurgia é preciso tomar medicamentos, caso pare de consumi-los, o problema volta.

VEJA TAMBÉM: Shampoo antirresíduo: como funciona, vale a pena?

            Portanto, agora que você sabe tudo sobre refluxo, siga todos os passos para evitar esse transtorno que é muito desconfortável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Refluxo: O que é e dicas para evitar

Back To Top