skip to Main Content

Robson Barbosa é muito detalhista e segundo suas clientes do salão de beleza o mesmo possui um acabamento perfeito, mas nem sempre foi assim, esse profissional anteriormente era um vigilante e por motivos de força maior teve que mudar drasticamente para se recuperar de uma doença. De ex-vigilante a manicure ele dá aula de como se adaptar.

Apesar de ser uma mudança brusca de profissão, o mesmo está ajudando no tratamento contra depressão da qual Robson está lutando cada vez mais. A depressão realmente vem atacando os brasileiros cada dia mais, em partes a desinformação acaba ajudando as pessoas a não reconhecer os sinais da doença.

Justamente de acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), atualmente a depressão é desencadeada por gatilhos ou de forma espontânea, sendo que em geral as pessoas acabam reconhecendo um pouco mais devido a tristeza desproporcional que ela traz.

Segundo o próprio Ministério da Saúde, atualmente a depressão atinge cerca de 15,5% da população do país, além disso, ela é a quarta maior causadora das doenças adquiridas ao longo da vida.

Ademais, a mesma ainda atinge de forma muito comum pessoas acima dos 30 anos, sendo que pode acontecer ainda em qualquer idade, inclusive em crianças, sendo que entre as mulheres 20% tende a desenvolver essa doença enquanto os homens são atingidos em torno de 12%.

VEJA TAMBÉM: Rabo de cavalo: Conheça 5 tipos e suas diferenças

No caso de Robson um evento traumático e uma série de fatores acabaram fazendo com que o profissional adquirisse depressão, e conheça a história de luta do mesmo.

Ex-vigilante a manicure

ex-vigilante manicure

O caso de Robson foi curioso, isso porque a vida acabou pregando algumas surpresas desagradáveis ao mesmo, no entanto, o próprio conseguiu dar a volta por cima e se recuperou dos problemas que o atingiram tão ferozmente.

Robson Barbosa atualmente está com 40 anos, e descobriu finalmente sua vocação, atualmente o mesmo é um manicure e segundo sua esposa Vanessa é dos bons, e trabalha ainda diretamente no salão da esposa.

O fato é que Robson começou a ajudar sua esposa no salão justamente devido a depressão, sendo que o médico que o tratava informou que trabalhos manuais poderiam realmente ajudar no processo.

O ex-vigilante ainda desenvolveu a doença justamente porque vivenciou um assalto, que se tornou um gatilho para a síndrome do pânico, logo o mesmo teve que tomar alguns medicamentos, sendo que em certas épocas chegou a 07 comprimidos.

Logo que o até então vigilante começou a tomar esses remédios então o corpo começou a reagir e o mesmo deveria então se acostumar com isso, logo o corpo começou a apresentar os efeitos colaterais tais como: desligava-se, não reagia positivamente, entre outros.

Desta forma, a empresa acabou sendo demitido o que levou a um quadro grave de depressão, até então sua esposa tinha um salão em um cômodo separado, onde recebia seus clientes. Além disso, os médicos acabaram dando recomendações, sendo que entre os tratamentos o mesmo deveria procurar fazer trabalhos manuais. De ex-vigilante a manicure a saga ainda foi complicada.

Segundo os médicos, isso ajudaria o mesmo a se tornar melhor ainda mais rapidamente, sendo que isso além de estimular a interação social acabava sendo um objetivo interessante, logo o mesmo acabou fazendo pequenos serviços pelo salão.

No inicio Robson começou fazendo retirada de esmaltes, depois aprendeu a hidratar as unhas e lixar, porém, a esposa Vanessa começou a notar que o mesmo tinha um certo talento, a partir daí começou a ensinar as demais etapas.

Logo o mesmo começou a aprender algumas etapas mais delicadas, a esposa então acabou se surpreendendo com a qualidade do trabalho feito pelo seu marido, e percebeu ainda quão alegre o mesmo ficava fazendo o que tinha vontade.

Atualmente o manicure é um dos mais requisitados no salão de Vanessa, sendo que Robson ainda possui o acabamento perfeito, além disso, muitas clientes acabam indo diretamente no salão em busca dele mesmo.

VEJA TAMBÉM: Os melhores apps fitness para você treinar em casa

Isso acabou trazendo muita alegria, satisfação por ter seu trabalho reconhecido, sendo que ainda ajuda a melhorar as condições de sua família. Esse realmente é um caso de inspiração, para entendermos que é possível sim lutar contra a depressão fazendo algo que gostamos e que podemos nos reencontrar a qualquer momento de nossa vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De ex-vigilante a manicure: veja a história do homem que está vencendo a depressão

Back To Top