skip to Main Content

demi-lovato-nao-gosta-que-usem-o-termo-bipolar-como-simples-adjetivo

Demi Lovato é uma atriz e cantora norte-americana muito amada em todo o mundo, e embora ela tenha beleza, juventude, fama e dinheiro, a sua vida não é fácil, pois ela sofre com problemas mentais.

Demi Lovato não gosta que usem a palavra bipolar como simples adjetivo. Em uma entrevista para a revista “Marie Claire”, Demi falou a respeito das pessoas que fazem mau uso do termo bipolar. A artista foi diagnosticada com transtorno bipolar há quase seis anos atrás e disse que o nome da doença dito casualmente é realmente um grande problema.

A bipolaridade é uma doença, na qual as pessoas mudam de humor de uma hora para outra e Demi Lovato afirmou que é uma desordem médica séria que não deve ser levada como brincadeira.

Lovato falou para a revista: “Eu fico frustrada quando as pessoas usam o termo bipolar vagamente. Eles dizem Oh, eu não posso decidir qual filme assistir, eu sou tão bipolar”. Você não diz: “Eu não posso decidir qual filme assistir, eu sou tão câncer”.

Demi Lovato está usando a sua influência para ajudar as pessoas a entenderem que é muito doloroso para quem sofre de bipolaridade, ouvir uma pessoa afirmando que é bipolar apenas por causa de uma indecisão no que quer fazer.

Demi Lovato produziu um documentário chamado “Beyond Silence” que acompanha três pessoas que falam sobre doenças mentais. Com este projeto sobre saúde mental e seus esforços incansáveis, Demi está ajudando a combater o estigma que envolve a doença mental.

Portanto, Demi Lovato é bipolar, e assim como as demais pessoas que sofrem com essa doença, ela fica muito triste quando falam dessa doença como se fosse apenas uma indecisão ou erro comum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Demi Lovato Não Gosta que Usem o Termo Bipolar como Simples Adjetivo

Back To Top