skip to Main Content

Depois de virar mãe muitos palpites são dados, entre os mesmos é o de que o andador de bebê não é bom, isso porque com a alta informação passada pela internet e com o boom das redes sociais, muitas mães acabam dando palpites, trocando ideais entre si e por fim falando sobre o que é bom ou não para seus bebês.

                Porém, é importante entender que não são apenas palpites, na verdade, o andador de bebê não é bom para as crianças, isso porque nem ortopedistas nem pediatras acreditam que o mesmo faz bem aos bebês.

Saiba mais sobre o andador de bebê

andandor de bebe

                Sobre o andador de bebê muitas vezes o mesmo acaba por ser incentivado pelos pais justamente porque acabam conferindo uma maior independência ao bebê, no entanto, alguns especialistas de segurança infantil insistem que na verdade, esse acaba sendo um risco muito grande aos bebês justamente porque os mesmos não possuem noção do perigo.

VEJA TAMBÉM: Sintomas de gravidez: conheça os principais

                Sendo assim, acaba sendo consenso entre os especialistas que a capacidade de autoproteção de fato, somente acaba sendo adquirida a partir dos cinco anos de idade.

Além do mais, segundo os próprios pediatras o andador acaba por atrasar o desenvolvimento psicomotor dessa criança, mesmo que não seja tanto,

                Além do mais, os bebês que fazem uso do andador de bebê acabam levando um pouco mais de tempo para ficar de pé e por fim caminhar sem apoio algum, além do mais, os mesmos acabam por engatinhar menos e possuem escores inferiores no que se referem aos testes de desenvolvimento.

                Lembrando ainda que o exercício físico realmente acaba sendo muito prejudicado pelo uso do andador, justamente porque apesar de o mesmo conferir maior velocidade e mobilidade para a criança, a mesma precisa usar menos energia para poder alcançar o que deseja com seus próprios braços e pernas.

Saiba quais são os perigos do andador de bebê

                Apesar de o andador ainda ser muito popular, isso não acontece com a recomendação dos pediatras isso porque os mesmos não concordam com esse processo, no entanto, o mesmo acaba sendo utilizado por até 90% dos bebês que estão com 6 a 15 meses de idade. Entre os problemas mais comuns oriundos do uso do andador estão:

  1. A possibilidade de prejudicar as articulações do bebê

                Entenda que ao colocar uma criança que justamente não consegue andar sozinha de pé, mesmo tendo o apoio do andador de bebê a criança pode acabar ficando com lesões diretamente nas articulações dos próprios membros inferiores, sendo que isso acontece justamente porque os músculos das pernas ainda não estão fortalecidos, sendo assim, podem acontecer lesões nas articulações.

1.2 Faz com que a forma de pisar fique errada

                Ao colocar a criança no andador de bebê, os pais não imaginam que a mesma acaba adotando uma postura ainda mais incorreta, sendo que é possível que a criança ainda fique com má postura, com problemas na coluna e até mesmo ao andar.

                Sendo assim, ao ficar no andador esse bebê engatinha bem menos, sendo que esses exercícios é importante justamente para desenvolver a força desses músculos das pernas para que o mesmo consiga enfim andar sozinho.

1.3 O bebê pode se machucar

                Claramente ao utilizar o andador o bebê corre um risco muito grande de tropeçar diretamente nos tapetes, em cadeiras e até mesmo nos brinquedos que acabam espalhados pelo chão.

                Sendo assim, esse bebê acaba correndo um risco ainda maior podendo ter um traumatismo craniano, sendo assim, por estas razões entre outros o andador infantil não é nada recomendado.

VEJA TAMBÉM: Rinomodelação: o que é, cuidados e contraindicações

                Sendo assim, o andador de bebê somente deve ser usado e indicado justamente para aquelas crianças que possuem problemas neurológicos, mesmo assim, tanto o ortopedista quanto o fisioterapeuta devem enfim indicar qual de fato é o equipamento mais adequado para a altura e até mesmo o peso da criança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Andador de bebê: entenda porque não é recomendado por pediatras e ortopedistas

Back To Top